RSS

Os melhores métodos para combater a celulite

11 Abr

No verão, um dos métodos mais utilizados contra a celulite é a canga amarrada na cintura. A boa notícia é que existem outros métodos, e essa coluna vai mostrar alguns deles. Mas antes, algumas considerações. Primeiro, lembre-se que quase toda mulher tem celulite (só as de revista não têm, mas aí o remédio milagroso é o Photoshop). Umas têm mais, outras menos. Pode-se dizer que a celulite praticamente faz parte da anatomia da mulher, é inevitável. Mas o grau varia conforme características genéticas, hormonais e hábitos de vida.

Outra consideração: o melhor modo de lutar contra a celulite é ter um estilo de vida saudável. Pouco adianta se submeter a tratamentos sofisticados e caros se você não se alimentar corretamente ou levar uma vida sedentária. O efeito do tratamento, nesse caso, não dura. Lembre-se que você tem que superar oponentes fortíssimos, que estimulam a formação da celulite, como tendência genética e presença de estrógeno, um hormônio feminino.

Agora sim. Considerações feitas, leia nesse texto quais são os melhores modos de combater sua celulite. …

Você precisa ter força de vontade e tempo. Por exemplo, para fazer ginástica, já que levar vida sedentária é pedir para ter celulite. Também é importante planejar um bom cardápio, comprar os alimentos certos e prepará-los adequadamente. Não é fácil, a rotina corrida nos faz ceder aos alimentos prontos congelados ou à tentação das frituras. Outra dificuldade: quem é que gosta de beber mais água do que o necessário para matar a sede? Não é fácil. Mas para diminuir a celulite, são necessários aproximadamente 2 litros de água por dia. Coma frutas, verduras e legumes frescos. Inclua no cardápio alimentos integrais, com alto teor de fibras, que ajudam a digestão. Evite frituras e gorduras em excesso, doces, refrigerantes, e não exagere no sal e nas bebidas alcoólicas.

Se você fuma, pare. Isso aumenta o problema. E, para quem toma pílula anticoncepcional, um alerta: ela contribui para a celulite. Quanto maior a dosagem hormonal, pior. Mesmo pílulas de baixa dosagem dão sua contribuição indesejada.

Os tratamentos

Quando um problema tem muitas opções de tratamento, ou ele é muito fácil de resolver, ou muito difícil. No caso da celulite, a existência de várias opções indica que nenhuma é ideal. Não existe tratamento milagroso. Nada é 100% eficiente, e os resultados não são definitivos. Mesmo assim vale a pena investir em um tratamento, pois a celulite fica mais discreta. A escolha depende da avaliação do médico, e o resultado varia com as características individuais. Selecionei para este post os métodos que considero melhores.

Os tratamentos se baseiam em algumas premissas: diminuir o acúmulo de líquidos e gordura nas pernas, melhorar a circulação e melhorar a qualidade do colágeno que sustenta a pele da área afetada.

1. Drenagem linfática manual. É uma massagem suave com movimentos que vão dos pés para a cintura, acompanhando o caminho dos vasos linfáticos. A retenção de líquidos e o inchaço nas pernas diminuem e, nos casos leves de celulite, o resultado é bom. É simples, eficaz, barato e muito popular. Casos moderados ou severos de celulite requerem tratamentos mais intensos, mas a drenagem não deve ser abandonada porque serve como um complemento e ajuda a manter os resultados. Conforme a indicação do médico, além da drenagem linfática, pode-se associar tratamentos mais intensos.

2. Intradermoterapia. É a injeção de medicamentos sob a pele, diretamente na área afetada pela celulite. Melhora a circulação e ajuda a quebrar e esvaziar células de gordura. O tratamento dói, mas funciona.

3. Ultrassom. Quebra e esvazia células de gordura. A aplicação pode complementar o tratamento à base de medicamentos injetáveis.

4. Radiofrequencia. Além de ajudar a esvaziar as células que armazenam a gordura, melhora a firmeza da pele das pernas e glúteos.

5. Radiofrequencia + Luz infravermelha + Massagem. Ataca a gordura, suaviza o inchaço das pernas e melhora a qualidade da pele.

6. Subcisão. Casos muito avançados e com grandes depressões na pele melhoram com a ruptura de fibras de colágeno que repuxam a pele para dentro. Isso é feito através da subcisão, que é um procedimento cirúrgico.

Por Lucia Mandel

Fonte: Veja

About these ads
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Abril 11, 2011 in Saúde

 

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

 
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: