RSS

O que faz você ficar tonto quando gira

10 Mai

Se você já rodopiou como um pião ou rolou morro abaixo, provavelmente já experimentou tontura ou vertigem. Algumas pessoas sentem-se zonzas até quando se levantam muito rápido. Quando você sente-se zonzo, a parte de seu corpo que percebe os movimentos enviou um sinal errado para seu cérebro. Um sistema surpreendente em seu ouvido interno é a chave para a vertigem.

O corpo percebe se está na vertical ou caindo ou se está se movendo ou parado por meio do sistema vestibular, que fica na parte superior do ouvido interno. É aí que o sistema percebe a orientação em relação à gravidade:

  1. ele tem órgãos otolíticos que contêm cristais de carbonato de cálcio giz;
  2. os cristais são conectados a células nervosas sensoriais similares a cílios com orientações diferentes;
  3. quando você inclina sua cabeça em diferentes direções, para frente, para trás, lateralmente, a gravidade puxa os cristais que estão orientados com ela;
  4. os cristais estimulam as células ciliares a enviar impulsos nervosos para o cérebro;
  5. o cérebro interpreta esses sinais para saber qual a orientação da cabeça no espaço.

É aqui que o sistema vestibular percebe movimentos:

  1. há três canais semicirculares para perceber movimentos;
  2. eles estão em ângulos retos entre si;
  3. eles contêm um fluido chamado endolinfa e células nervosas sensoriais similares a cílios;
  4. conforme sua cabeça se move em uma dada direção, a endolinfa fica para trás porque ela resiste à mudança no movimento, o princípio dainércia;
  5. o atraso da endolinfa estimula as células ciliares a enviar impulsos nervosos para o cérebro;
  6. o cérebro os interpreta para saber de que maneira a cabeça se moveu no espaço.

Quando você rodopia, a endolinfa se move lentamente na direção em que você está rodopiando. O movimento da endolinfa envia sinais para o cérebro que a cabeça está rodopiando. O cérebro se adapta rapidamente em relação ao sinal porque a endolinfa começa a se mover na mesma taxa que você está rodopiando e não estimula mais as células ciliares. Entretanto, quando você pára de rodopiar, a endolinfa continua a se mover e estimular as células ciliares na direção oposta. Essas células ciliares enviam sinais para o cérebro. O cérebro determina que a cabeça ainda está rodopiando, mesmo sabendo que você já parou. É aí que a sensação de vertigem começa. Finalmente, a endolinfa pára de se mover, nenhum sinal é enviado para o cérebro, seu cérebro determina que seu movimento parou e você não se sente mais zonzo.

Faça esta breve experiência, exceto se for muito sensível à vertigem.

  1. Rodopie rapidamente de cinco a dez vezes para a direita e pare. Quando você parar, se sentirá ligeiramente zonzo, conforme descrito acima.
  2. Quando você se recuperar, repita a etapa 1, mas agora, quando parar, rodopie imediatamente o mesmo número de vezes para a esquerda e pare. Agora você deve perceber que, quando parar, não se sentirá mais zonzo.

Na segunda situação, você começou a mover a endolinfa na direção oposta e os dois efeitos do movimento tendem a se cancelar.

Freqüentemente, os astronautas em órbita ficam zonzos porque, sem a forte gravidade da Terra, eles estão constantemente caindo. Lembre-se da sensação de queda em seu estômago quando seu carro entra em uma depressão na rodovia ou quando você experimenta um mergulho em um passeio de montanha russa. Imagine sentir a mesma sensação o tempo todo! Devido ao fato de não haver uma orientação clara da gravidade no espaço, os órgãos otolíticos não funcionam bem, ou seja, para cima ou para baixo perde o sentido. Os mergulhadores experimentam uma sensação parecida. A flutuação afeta os órgãos otolíticos da mesma maneira que a falta de gravidade. Dessa forma, é fácil para um mergulhador ficar desorientado embaixo d’água e não saber qual direção é para cima e qual é para baixo sem outras dicas visuais.

Fonte: http://ciencia.hsw.uol.com.br/questao483.htm

About these ads
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Maio 10, 2011 in Ciência

 

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

 
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: