RSS

Aliviando a dor de cabeça

23 Abr

Qual é o seu tipo de dor?

Cefaléia tensional

Características: Dor leve ou moderada, sem náuseas ou vômitos.Duração de meia hora a sete dias.

Causas: Pode surgir ao final de um dia estressante, uma discussão ou uma noite maldormida.

Recomendação: Uma boa noite de sono ou um comprimido geralmente são suficientes. ”Dores mais leves e espaçadas podem ser tratadas com analgésicos, mas a automedicação por longos períodos nunca é recomendável”, diz o médico Mario Peres.

Enxaqueca

Características: Dor latejante em um só lado da cabeça, náuseas e vômitos, vista embaçada, aversão à luz, a odores fortes e a barulho. Dura de quatro horas a três dias.

Causas: Se já há casos na família, a chance de você ter o problema é maior. Pode surgir por cansaço acumulado, exposição ao sol ou ao frio, consumo de bebida alcoólica e de certos alimentos.

Recomendação: Quando o analgésico não funciona mais, é preciso consultar um neurologista. As crises de enxaqueca resistem aos medicamentos comuns.

Cefaléia crônica

Características: Dor leve a severa, visão embaçada e desorientação. Se estende por mais de quinze dias.

Causas: Pode ser sinal de várias doenças diferentes. Se você também tem febre, dificuldade para movimentar a perna ou o braço, ou se o remédio de sempre não resolve mais, é hora de ir ao médico.

Recomendação: Agende uma consulta quando acontecerem mais de duas crises durante o mês. Pode ser um clínico geral ou um oftalmologista.

Para combatê-las:

Passos

1

Quando estiver com dor:

  • Tome o analgésico indicado pelo seu médico (pode ser combinado com um relaxante muscular) assim que a dor começar. Quanto mais tempo passar, mais difícil será tratá-la. Você pode repetir a dose nos intervalos indicados.
  • Deite-se ou sente-se de maneira confortável em um sofá e concentre-se sequencialmente em cada músculo do seu corpo, começando pela cabeça. Contraia os músculos que puder durante 15 segundos e, depois, relaxe-os. Faça esse exercício durante 15 minutos. Depois, estique-se e levante-se lentamente.
  • Também lentamente, respire pelo nariz. Deixe o ar entrar no abdômen, contando até 5. Depois expire fundo, contando até 5, até “secar” a barriga. Repita esse exercício durante 15 minutos.
  • Não fume nem tome bebida alcoólica.

2

Para evitar ter cefaleias:

  • Durma em uma posição correta e procure manter horários regulares de sono.
  • Evite dormir de barriga para baixo. Durma de lado, usando um travesseiro que tenha a mesma altura do seu ombro, ou com a barriga para cima, com um travesseiro que se adapte à curvatura cervical.
  • Escolha um colchão firme, vire-o de lado periodicamente e substitua-o quando necessário.

3

Quando estiver trabalhando ou estudando:

  • Mantenha o seu objeto de atenção, monitor ou papel na mesma altura dos seus olhos.
  • Relaxe o pescoço a cada meia hora.
  • Mantenha uma postura corporal adequada e ergonômica.

4

Combata o estresse organizando o seu dia. Não assuma tarefas que você sabe que não poderá cumprir.

5

Faça uma atividade física de que você goste, procurando manter a postura correta e sem contrair os músculos do pescoço.

6

Pratique ioga ou outro tipo de atividade que inclua técnicas de relaxamento.

7

Evite ficar muito tempo em lugares fechados.

Importante

  • A grande maioria das dores de cabeça é funcional, ou seja, não se deve a um processo orgânico (tumor, infeção, sangramento na cabeça).
  • Você deve ir a um pronto-socorro se:
    • a dor aparecer de repente, em forma de explosão, e for muito intensa
    • a dor for acompanhada de febre
    • a dor aparecer depois de uma pancada na cabeça, surja ou não um processo inflamatório (galo)
    • você sentir tonteira e ou confusão mental
    • você sentir dificuldade para falar ou andar
    • a dor começar depois de um esforço físico, de atividade sexual ou de um acesso de tosse
  • Você deve consultar o seu clínico geral ou um neurologista se:
    • sentir dores de cabeça frequentemente
    • a primeira grande dor de cabeça acontecer depois dos 40 anos
    • a dor se manifestar diariamente
    • a dor se tornar cada vez mais difícil de tratar com analgésico e descanso
    • a dor de cabeça alterar a sua qualidade de vida, interferindo no seu trabalho e nas suas atividades sociais ou familiares.
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Abril 23, 2011 em Saúde

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: