RSS

Como as luzes dos postes automaticamente acendem a noite?

10 Maio

Nos Flintstones, um pássaro pequeno senta dentro da luz e dá voltas todas as noites antes de ir para cama. Em uma iluminação de rua moderna, um circuito pequeno substitui o pássaro e acende a luz quando a quantidade de raios de luz começa a diminuir.

Um componente de sensor de luz comum é o fotoresistor de sulfide de cádmio, também conhecido como célula de CdS. Um fotoresistor muda sua resistência baseado na quantidade de luz que chega nele. Quando muita luz chega nele, sua resistência vai a quase zero – ele conduz eletricidade muito bem. Quando nenhuma luz chega, ele tem alta resistência – ele conduz pouca eletricidade. Em um circuito extremamente simples, você pode ligar uma célula de CdS com um fio metálico diretamente a um relés, de forma que muita luz pode energizar o eletroímã, mas não uma quantidade.Porém, normalmente uma célula de CdS não pode puxar corrente suficiente para ativar o relés quando a luz chega nele. Então você precisa adicionar um transistor para ampliar a corrente que flui pela célula de CdS. Um circuito típico deve se parecer com isto:

Street light relay

O transistor atua como um transformador. Ele tem três terminais:

  • Base
  • Emissor
  • Coletor

Se uma pequena quantidade de corrente flui do emissor à base, então uma grande quantidade de corrente pode fluir do emissor ao coletor. Em outras palavras, se a base é aterrada, ela ativa o “transformador”, (o caminho do emissor ao coletor) neste diagrama. Assim quando a luz chega na fotocélula, ela ativa o transformador, que energiza o eletroímã do relés, que por sua vez desliga a luz. Quando escurece, a fotocélula tem uma alta resistência, assim nenhuma corrente flui através da base e o relés não se ativa – a luz acende.

Em um poste de iluminação real o circuito pode ser um pouco mais avançado, mas não tanto. Ele possui a célula de CdS, o transistor e o relés, mas talvez precise de mais de um transistor, dependendo do tamanho do relés. É realmente um circuito muito simples.

Fonte: http://ciencia.hsw.uol.com.br/questao363.htm

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Maio 10, 2011 em Ciência

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: